28 May 2010

Dez dicas para não atrapalhar a vida de um cego.(Escrito por Jairo Marques )

1 - Pode acreditar, um cego consegue te ouvir . Então, quando quiser alguma informação de um, fale diretamente com ele e não com seus acompanhantes.
2 - Quando quiser dar uma mãozinha, ofereça! Mas espere a ajuda ser aceita antes de sair puxando o pobre do cego pelo braço no meio da rua . Pergunte a melhor maneira de ser útil. Agora, num fique fulo da vida caso a ajuda seja recusada. Nem sempre a pessoa precisa de auxílio.

3 - Sabe aquela expressão: "Tô mais perdido que cego em tiroteio?" . Ela faz algum sentido, sim. Quando vir que um deficiente visual está com dificuldade, identifique-se e faça a pessoa perceber que você está falando com ela.
4 - Beleza, o "malacabado" topou sua ajuda como guia. Coloque a mão da pessoa no seu cotovelo dobrado. Ele irá acompanhar o movimento do seu "corpicho" enquanto você anda.

5 - Avise o cego, antes, é claro, que há um degrau, piso escorregadio, buraco e obstáculos à frente do trajeto. Em um corredor estreito, coloque seu braço para trás e deixe o deficiente segui-lo, "de boa"!.

6 - Na hora de dar uma sentadinha (ui), você deve guiar o cego até a cadeira e colocar a mão dele sobre o encosto da cadeira dizendo se ela tem ou não braço. Deixe o "matrixiano" sentar-se sozinho!
7 - Quando você for explicar um rumo ao cego, seja claro e específico. Num adianta falar, "ali depois daquele cavalo azul" . Use informações que indiquem distância, de preferência: "A uns vinte metros a sua frente".
8 - A menos que o cego seja realmente meio ruim dos "zovidos" , não precisa gritar com ele, nem falar alto. Fale normalmente. Cego é cego, surdo é surdo, mamulengo é mamulengo, saca?

9 - Cegos ou pessoas com visão subnormal são como você, "que nem igual", mesmo. Então, não as exclua de atividades do convívio social (uma "birita", por exemplo, ) ou profissional. Deixe que elas decidam como podem ou se querem participar. Proporcione a elas a mesma chance que você tem de ter sucesso ou de falhar.
10 - Palavras são palavras. Pode dizer "veja", "olhe", "bizóia" quando estiver conversando com uma pessoa cega. Elas também as usam. Mas, quando você for embora, AVISE o deficiente visual. Assim, você não vai deixar o caboclo falando sozinho, né?

"DESPEDIDA DO PADRE"

O Padre no jantar de despedida pelos 25 anos de trabalho ininterrupto à frente de uma paróquia discursa:
- A primeira impressão que tive da paróquia, foi com a primeira confissão que ouvi. A pessoa confessou ter roubado um aparelho de TV, dinheiro dos seus pais, a empresa onde trabalhava, além de ter aventuras amorosas com a esposa do chefe. Também se dedicava ao tráfico de drogas e havia transmitido uma doença venérea à própria irmã. Fiquei assustadíssimo. Com o passar do tempo, entretanto, conheci uma paróquia cheia de gente responsável, com valores, comprometida com sua fé, e desta maneira tenho vivido os 25 anos mais maravilhosos do meu sacerdócio.
Chega o prefeito para entregar o presente da comunidade, prestando a homenagem ao padre. Ele pede desculpas pelo atraso e começa o discurso:
- Nunca vou esquecer do dia em que o padre chegou à nossa paróquia. Como poderia? Tive a honra de ser o primeiro a me confessar.
Silêncio total...
MORAL DA HISTÓRIA:
Nunca se atrase!!!

Como irritar seus pais ( entendendo melhor os teens )

[1] siga-os por todo o lugar da casa.
[2] diga ''muu'' quando te chamarem.
[3] finja q tem amnésia.
[4] fale com eles de costas.
[5] gire e fique tonto.
[6] corra pela casa com uma lâmpada nas mãos dizendo ''o sol!! esta morrendo!!''
[7] corra nas paredes.
[8] cante bem alto enquanto corre pela casa apenas com roupas intimas.
[9] tenha ataques nervosos involuntariamente.
[10] diga que vestir roupas é contra a sua religião.
[11] finja que é um adorador do demônio.
[12] fique na frente deles às 4 da manhã com um enorme sorriso e diga ''bom dia brilho do sol!
[13] tome fôlego bem alto quando estiver rindo e comece a rir ainda mais alto.
[14] corra em círculos.
[15] recite um filme inteiro 3 vezes.
[16] finja que lutou contra si mesmo e se derrotou.
[17] puxe um fio de cabelo de alguém e grite ''DNA!!''
[18] deslize por todo o lugar.
[19] vista uma camiseta que diz ''i'm retarded''
[20] vista suas calças na cabeça e a camiseta na cintura e diga que é um novo conceito de moda.
[21] tente arrumar outro jeito de beber algo de um copo.
[22] cole seu dedo no nariz com super-cola.
[23] fale com uma caneta.
[24] tenha amigos imaginários e fale o tempo todo com eles.
[25] finja ser um índio.
[26] tente escalar a parede.
[27] abra a janela e faça um zumbido, fingindo ser um inseto.
[28] coma sorvete de casquinha, ponha a casquinha na testa e diga que é um lindo unicórnio.
[29] faça o que eles te disserem.
[30] fique acendendo e apagando a luz por um tempo. depois diga ''aaah... entendi!''
[31] coma seu cabelo.
[32] coma coisas não comestíveis.
[33] fique pulando, tentando voar.
[34] diga que esta imitando seu cachorro e siga-o pela casa.
[35] segure as mãos deles e diga ''i see dead people...''
[36] quando tomar banho, grite ''estou me afogando!!''
[37] tente por a cabeça dentro de um aquário.
[38] perseguir uma cauda imaginaria.
[39] exija uma linha telefônica própria.
[40] grite ''mentira!'' pra tudo o que eles disserem.
[41] finja que tem 346 anos.
[42] fique de cabeça pra baixo em seu closet.
[43] finja ser um telefone.
[44] tente nadar no chão.
[45] bata na porta deles a noite toda.
[46] finja que tem múltiplas personalidades.

Dia de Merda. É como diz o ditado 'não há nada de tão ruim que não se possa piorar'!!!

O que é um peido para quem está todo cagado?
A expressão do título é conhecida de todos, mas o texto que a originou é menos. É uma obra de Luis Fernando Veríssimo sobre a obra veríssima que ele fez numa viagem para Miami.
Só o li recentemente e transcrevo abaixo. Quem não conhece, leia. Vale a pena....
Aeroporto Santos Dumont , 15:30..
Senti um pequeno mal-estar causado por uma cólica intestinal, mas nada que uma urinada ou uma barrigada não aliviasse.
Mas, atrasado para chegar ao ônibus que me levaria para o Galeão, de onde partiria o vôo para Miami, resolvi segurar as pontas. Afinal de contas são só uns 15 minutos de busão. 'Chegando lá, tenho tempo de sobra para dar aquela mijadinha esperta, tranqüilo, o avião só sairía às 16:30'.
Entrando no ônibus, sem sanitários. Senti a primeira contração e tomei consciência de que minha gravidez fecal chegara ao nono mês e que faria um parto de cócoras assim que entrasse no banheiro do aeroporto.
Virei para o meu amigo que me acompanhava e, sutil falei:
'Cara, mal posso esperar para chegar na merda do aeroporto porque preciso largar um barro.'
'Nesse momento, senti um urubu beliscando minha cueca, mas botei a força de vontade para trabalhar e segurei a onda.'
O ônibus nem tinha começado a andar quando, para meu desespero, uma voz disse pelo alto falante: 'Senhoras e senhores, nossa viagem entre os dois aeroportos levará em torno de 1hora, devido a obras na pista. Aí o urubu ficou maluco querendo sair a qualquer custo'. Fiz um esforço hercúleo para segurar o trem merda que estava para chegar na estação ânus a qualquer momento.
Suava em bicas. Meu amigo percebeu e, como bom amigo que era, aproveitou para tirar um sarro.
O alívio provisório veio em forma de bolhas estomacais, indicando que pelo menos por enquanto as coisas tinham se acomodado. Tentava me distrair vendo TV, mas só conseguia pensar em um banheiro, não com uma privada , mas com um vaso sanitário tão branco e tão limpo que alguém poderia botar seu almoço nele. E o papel higiênico então: branco e macio, com textura e perfume e, ops, senti um volume almofadado entre meu traseiro e o assento do ônibus e percebi, consternado, que havia cagado. Um cocô sólido e comprido daqueles que dão orgulho de pai ao seu autor.
Daqueles que dá vontade de ligar pros amigos e parentes e  convidá-los a apreciar na privada.
Tão perfeita obra, dava pra expor em uma bienal.
Mas sem dúvida, a situação tava tensa. Olhei para o meu amigo, procurando um pouco de piedade, e confessei sério:
'Cara, caguei!'
Quando meu amigo parou de rir, uns cinco minutos depois, aconselhou-me a relaxar, pois agora estava tudo sob controle.
'Que se dane, me limpo no aeroporto', pensei.
'Pior que isso não fico'.
Mal o ônibus entrou em movimento, a cólica recomeçou forte.
Arregalei os olhos, segurei-me na cadeira mas não pude evitar, e sem muita cerimônia ou anunciação, veio a segunda leva de merda. Desta vez, como uma pasta morna. Foi merda para tudo que é lado, borrando, esquentando e melando a bunda, cueca, barra da camisa, pernas, panturrilha, calças, meias e pés.
E mais uma cólica anunciando mais merda, agora líqüida, das que queimam o fiofó do freguês ao sair rumo a liberdade. E depois um peido tipo bufa, que eu nem tentei segurar. Afinal de contas, o que era um peidinho para quem já estava todo cagado...
Já o peido seguinte, foi do tipo que pesa. E me caguei pela quarta vez. Lembrei de um amigo que certa vez estava com tanta caganeira que resolveu botar modess na cueca, mas colocou as linhas adesivas viradas para cima e quando foi tirá-lo levou metade dos pêlos do rabo junto. Mas era tarde demais para tal artifício absorvente. Tinha menstruado tanta merda que nem uma bomba de cisterna poderia me ajudar a limpar a sujeirada.
Finalmente cheguei ao aeroporto e saindo apressado com passos curtinhos, supliquei ao meu amigo que apanhasse minha mala no bagageiro do ônibus e a levasse ao sanitário do aeroporto para que eu pudesse trocar de roupas. Corri ao banheiro e entrando de boxe em boxe, constatei falta de papel higiênico em todos os cinco.
Olhei para cima e blasfemei: 'Agora chega, né?'
Entrei no último, sem papel mesmo, e tirei a roupa toda para analisar minha situação (que concluí como sendo o fundo do poço) e esperar pela minha salvação, com roupas limpinhas e cheirosinhas e com ela uma lufada de dignidade no meu dia.
Meu amigo entrou no banheiro com pressa, tinha feito o 'check-in' e ia correndo tentar segurar o vôo. Jogou por cima do boxe o cartão de embarque e uma maleta de mão e saiu antes de qualquer protesto de minha parte. 'Ele tinha despachado a mala com roupas'.
Na mala de mão só tinha um pulôver de gola 'V'.
A temperatura em Miami era de aproximadamente 35 graus.
Desesperado comecei a analisar quais de minhas roupas seriam, de algum modo, aproveitáveis. Minha cueca, joguei no lixo. A camisa era história.
As calças estavam deploráveis e assim como minhas meias, mudaram de cor tingidas pela merda . Meus sapatos estavam nota 3, numa escala de 1 a 10.
Teria que improvisar. A invenção é mãe da necessidade, então transformei uma simples privada em uma magnífica máquina de lavar. Virei a calça do lado avesso, segurei-a pela barra, e mergulhei a parte atingida na água. Comecei a dar descarga até que o grosso da merda se desprendeu. Estava pronto para embarcar.
Saí do banheiro e atravessei o aeroporto em direção ao portão de embarque trajando sapatos sem meias, as calças do lado avesso e molhadas da cintura ao joelho (não exatamente limpas) e o pulôver gola 'V', sem camisa. Mas caminhava com a dignidade de um lorde.
Embarquei no avião, onde todos os passageiros estavam esperando o 'RAPAZ QUE ESTAVA NO BANHEIRO' e atravessei todo o corredor até o meu assento, ao lado do meu amigo que sorria.
A aeromoça aproximou-se e perguntou se precisava de algo.
Eu cheguei a pensar em pedir 120 toalhinhas perfumadas para disfarçar o cheiro de fossa transbordante e uma gilete para cortar os pulsos, mas decidi não pedir:
'Nada, obrigado.'
Eu só queria esquecer este dia de merda . Um dia de merda...
* Luis Fernando Veríssimo* (verídico).

Violência e criminalidade Tem Solução - É só copiar Cingapura

Obs: se aqui fizerem o mesmo, boa parte de vereadores, deputados, senadores, governadores e o presidente desapareceriam....
Um Militar, com mão de ferro, assumiu o comando do país.
Em meses, dos cerca de 100 mil presidiários sobraram uns 2 mil.
Todos os outros (criminosos confessos) foram fuzilados.
Todo homem público (político, policial, etc...) corrupto foi fuzilado (Existem milhares de provas contra eles).
Todos os empresários ladrões foram fuzilados ou fugiram rapidinho do país.
Aquela multidão de drogados que ficava dormindo nas ruas, fugiram desesperados para Kuala Lumpur, ou foram fuzilados.
Tinha uma mensagem de televisão onde o novo governo avisava que o país estava com câncer e que a única solução era extirpá-lo.
Tipo, se algum parente seu foi extirpado, compreenda, ele era um câncer para a nação.
Depois de ter feito toda a limpa no país, reorganizado o sistema político, judiciário e pena esse militar convocou eleições diretas e se candidatou para presidente.
Ganhou com 100% dos votos.
Hoje, Cingapura é um dos países mais seguros de se morar.
Já no avião, a ficha de desembarque tem um aviso de “DEAD” (morte) bem grande em vermelho e a explicação sobre o porte de drogas.
Com zero virgula nada de cocaína encontrada, o sujeito o é sumariamente fuzilado, ou fica em trabalho forçado pra sempre.(vai aí, que um surfista brasileiro idiota, tenta entrar em Cingapura com uma prancha de surf cheia de cocaína. Óbvio que ele traçou a sua própria morte. E a mãe do imbecil ainda aparece na TV pedindo para o Lula interceder pelo filho. Pode ?)
Nos hoteis, os guias da cidade tem uma página dizendo que a polícia de Cingapura garante a integridade física de qualquer mulher 24 horas por dia (isso porque na antiga Cingapura,sem lei nem ordem, as mulheres que saíam sozinhas eram meramente estupradas)
Em 2007, a secretária local de um amigo, que estava fazendo um trabalho por lá,foi seguida pela polícia desde a sua casa até o trabalho. Quando deu seta para entrar no prédio, a polícia deu sinal para ela parar. Um dos policiais veio até a janela do seu carro e disse :
"Como a senhora já sabe, estamos fazendo uma campanha de civilidade no trânsito. E a senhora em todo o trajeto da sua casa até aqui, não cometeu nenhuma infração.
Parabéns ... !!!
Você sabia ? tem Solução ... Tem !!! TEM SIM ...

25 May 2010

Propaganda do Corolla..

Ela não cantou " My Heart Will Go On" .rs !! Ou cantou....

Que dó.....

Tem estampa que ajuda a piorar....

SIGNOS ATRAVESSANDO A RUA

Por que o Ariano atravessou a rua?
Certamente para bater boca com alguém que estava do outro lado.










Por que o Ariano atravessou a rua?
Certamente para bater boca com alguém que estava do outro lado.


 
 
 
 
 
 
 
 
 
Por que o Geminiano atravessou a rua?
Se nem ele sabe, como é que eu vou saber?

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Por que o Canceriano atravessou a rua?
Porque estava se sentindo só e abandonado deste lado de cá.
 
 
 
 
 

 
 
 
 
Por que o Leonino atravessou a rua?
Para chamar a atenção, sair nos jornais, revistas, etc
 
 
 
 
 
 
 
Por que o Virginiano atravessou a rua?
Ele ainda não atravessou porque está medindo a largura da rua, a velocidade dos carros; se essa experiência for válida, qual seria a melhor hora de atravessar essa rua, etc.





Por que o Libriano atravessou a rua?
Ele nem precisou atravessar. Alguém acabou oferecendo carona para ele.
 
 
 
 
 
Por que o Escorpiano atravessou a rua?
                                                        Porque era proibido.
 
 
 
                                                     Por que o Sagitariano atravessou a rua?
                                                    Porque a idéia pareceu manera e deu vontade.
 
 
Por que o Capricorniano atravessou a rua?
                                                 Porque foi pechinchar nas lojas do outro lado.







Por que o Aquariano atravessou a rua?
Porque isso faz parte de uma experiência que trará incontáveis avanços tecnológicos no futuro.







Por que o Pisciano atravessou a rua?
Rua?...Que rua? Ih... é

Um paciente vai num consultório e diz pro psiquiatra:

- Toda vez que estou na cama, acho que tem alguém embaixo.
Aí eu vou embaixo da cama e acho que tem alguém em cima. Pra baixo, pra cima, pra baixo, pra cima. Estou ficando maluco!
- Deixe-me tratar de você durante dois anos. - diz o psiquiatra.
- Venha três vezes por semana e eu curo esse problema.
- E quanto o senhor cobra? - pergunta o paciente.
- R$ 120,00 por sessão - responde o psiquiatra.
- Bem, vou pensar - conclui o sujeito.
Passados seis meses, eles se encontram na rua.
- Por que você não me procurou mais? - pergunta o psiquiatra.
- A 120 paus a consulta, três vezes por semana, dois anos =R$ 37.440,00, ia ficar caro demais, aí um sujeito num bar me curou por 10 reais.
- Ah é? Como? - pergunta o psiquiatra.
O sujeito responde:
- Por R$ 10,00 ele serrou os pés da cama.
Muitas vezes o problema é sério, mas a solução pode ser muito simples.
HÁ GRANDE DIFERENÇA ENTRE FOCO NO PROBLEMA E FOCO NA SOLUÇÃO.
Foque uma solução ao invés de ficar pensando no problema.

24 May 2010

Como ir ao banheiro no 1º encontro. Aula de Etiqueta

Durante a aula de Boas Maneiras, diz a professora:
- Rodrigo, se você estivesse namorando uma moça fina e educada e,durante o jantar, precisasse ir ao banheiro, o que diria:
ele responde:
-segura as pontas aí que eu vou dar uma mijadinha.
a prof.: - Isso seria uma grosseria, uma completa falta de educação.
Fernandinho, como você diria?
- Me desculpa, preciso ir ao banheiro, mas já volto.
-a prof.:
Melhor, mas é desagradável mencionar o banheiro durante as refeições.
E você, Joãozinho, seria capaz de usar sua inteligência para, ao menos uma vez, mostrar boas maneiras?
- Eu diria :
- Minha princesa, peço a licença para ausentar-me por um momento, pois vou estender a mão a um grande amigo que pretendo apresentar-lhe depois do jantar.

Bilhetinho Cruel

Um sujeito estava no bar e olhou para o relógio ficou desesperado ...
Meu Deus já deu meia noite e eu tô aqui ainda!!!
Minha mulher vai me matar por chegar bêbado em casa à uma hora dessas.
Então o amigo experiente no assunto deu o seguinte conselho:
Faz como eu faço com minha patroa; chega de mansinho, tira os sapatos e entra no quarto sem fazer barulho.
Aí vai para debaixo do cobertor e, tirando a parte de baixo do pijama dela.
Quando você terminar ela vai estar feliz e cansada,vai virar pro lado e não vai nem notar o horário e nem falar que você chegou tarde, além de ficar super contente no dia seguinte.
Então o cara foi pra casa... Entrou devagarzinho...
Abriu a porta do quarto sem fazer barulho.... Se dirigiu à cama e se meteu debaixo do lençol.Subiu e tirou do pijama e ...
Se atracou com a mulher e deixou ela louca.Ela gemeu baixinho, e de repente adormeceu.
Crente do bom trabalho que tinha feito e feliz sabendo que não ia apanhar, foi ao banheiro tomar um banho...
Dentro do banheiro, viu um bilhete pendurado no espelho...'
'QUERIDO, NÃO FAÇA BARULHO, POIS A MAMÃE VEIO NOS VISITAR E ESTÁ DORMINDO EM NOSSA CAMA.QUANDO CHEGAR VÁ DORMIR COMIGO NO QUARTO DAS CRIANÇAS '

O verdadeiro F.D.P.......

Carro para fumantes!

O melhor amigo do homem...

Golfe para iniciantes,bebados e literalmente cegos!!

E aí???? Vão encarar?????

Placas e avisos bizarros!!