29 April 2011

DOA-SE CÃO...

O bicho danado está acabando com meu estoque:

Os Cachorros e os Jogadores

Role a postagem e veja se você consegue completar a interrogação abaixo:

CURSO SÓ PARA HOMENS - INSCRIÇÕES ABERTAS - "VAGAS ILIMITADAS"

Devido à complexidade e dificuldade de assimilação dos temas, os cursos terão um máximo de 08 (oito) participantes por sala. As inscrições estarão abertas durante a próxima semana. 

SEGUEM OS TEMAS:
 

TEMA 1
 - Como se enche as fôrmas de gelo. (
Passo a Passo, com apresentação de slides).

TEMA 2
 - O rolo de papel higiênico: será que nasce no porta-rolo? (
Mesa redonda)

TEMA 3
 - É possível urinar levantando a tampa e sem respingar no vaso? 
(Práticas em grupo)

TEMA 4
 - Diferenças fundamentais entre o cesto de roupa suja e o chão. 
(Desenhos e gráficos esclarecedores)

TEMA 5
 - A louça do almoço: levita sozinha até a pia?
(Exemplos em vídeo)

TEMA 6
 - Perde-se a identidade se não tiver na mão o controle remoto? 
(Debate com um psicólogo)

TEMA 7
 - Fazer a mala: incompetência nata ou incapacidade mental progressiva? 
(Iniciação lúdica)

TEMA 8
 - Como aprender a encontrar coisas, começando por procurar no lugar certo em vez de remexer a casa toda aos gritos? 
(Passo a passo, e exercícios de memorização

TEMA 9
 - Oferecer flores à namorada não é prejudicial à saúde.
(Gráficos e montagem audiovisual) 

TEMA 10
 - Os verdadeiros homens também pedem orientações a estranhos quando se perdem. 
(Depoimentos verídicos de comprovados machos e conferência) 

TEMA 11
 - O homem no lugar de co-piloto: é geneticamente possível não dar compulsivamente palpites durante as manobras de estacionamento! 
(Palestra e meditação em grupo) 

TEMA 12
 - Aprendendo a viver: diferenças básicas entre mãe e esposa. 
(Aula virtual com prática presencial)

TEMA 13
 - Como ser acompanhantes em shoppings, sem protestar
(Exercícios de relaxamento e autocontrole) 

TEMA 14
 - Como pensar com a cabeça de cima. 
(Apresentação de slides mostrando onde ficam os neurônios) 

TEMA 15
 - Como lutar contra a atrofia cerebral: recordar aniversários, outras datas importantes e telefonar quando se atrasa. 
(Dinâmica em grupo)

Encerramento com coffee break e entrega de diplomas.
 

Marido carinhoso

Uma noite, depois de mais de 30 anos de casados, o casal está na cama quando a  mulher sente que seu marido começa a acariciá-la como não fazia há muito tempo.

Ele começa no pescoço, desce pelo dorso até as nádegas; volta ao  pescoço, ombros, seios e para na barriga; coloca a mão na parte interna do  braço esquerdo, passando pelo seio, nas nádegas.

Vai da perna esquerda até o pé, sobe pela parte interna da coxa e para bem em cima da perna.
Faz a mesma coisa na perna direita e, de repente, vira as costas e não fala uma palavra.

A esposa, já "acesa", lhe diz carinhosamente:

- Querido, estava maravilhoso, porque parou?

E ele, resmungando:

- JÁ ENCONTREI O CONTROLE REMOTO..

Desejo de grávida!

- Amor... Amo-or! 
- Hummmm ???!!! 
- Acorda !! 
- Hummm?! 
- Acoorda!!!! 

Desorientado e assustado, o sujeito se levanta e pergunta: 
- O que aconteceu?! 
- Estou com desejo... 

Desejo??? 
- Hã... 
De comer carne de urubu.... 
- Urubu??? 
- Mas onde vou achar um bicho desses, agora??? 
- Vai no lixão... 
- Tá¡ louca!!! 
- Eu não vou a lixão algum!!! Se quiser, pinte um frango de preto, 
mate e coma!!! 
Exaltada, ela fala: - Nunca se arrependa se nosso filho nascer com 
carinha de urubu. 
Nove meses se passam... Chega o dia do parto e, quando o cara vai ver 
seu filho querido, veio pretinho, pretinho. 
O retardado, cheio de remorso, corre para a casa de sua mãe e diz: 
- Mamãe, eu não quis dar carne de urubu para a minha esposa quando ela 
estava grávida e sentiu desejo. Agora meu filho nasceu preto como o 
bicho!!! 
A mãe, bem humorada, consola o filho que está, em prantos: 
- Esquenta não, filho... Quando eu estava grávida de você, tive desejo 
de comer carne de touro, não consegui... E você nasceu chifrudo, e nem percebeu!!!


24 April 2011

A ÚLTIMA DA LOIRA .......

Marido chega em casa indignado e diz para a esposa loira: 

- Encontrei aquele  bestalóide do segundo andar se gabando de ser  o maior  garanhão. 
Sabe o que ele me disse? Que já comeu todas as mulheres aqui do prédio,  menos  uma.
 E a  esposa loira,  prontamente,  responde:

- Deve ser aquela nojentinha do sexto andar...

CALOR E FRIO APÓS O SEXO

Um casal de idosos vai ao médico.Ao terminar o exame, o médico
pergunta ao velhinho:
-' Sua saúde parece boa. O senhor tem alguma
pergunta, ou existe alguma coisa que o preocupa?'
- 'Na verdade, existe', diz o velhinho. 'Depois de fazer sexo com minha esposa, em geral sinto muito calor depois da primeira, e depois da segunda, sinto muito frio!'
O médico diz que nunca ouviu falar disso e vai pequisar. Em seguida, o médico examina a velhinha, e diz:
- 'Tudo está muito bem com a senhora. Existe alguma coisa que a preocupa?'
A senhora diz que não tem nenhuma preocupação.
O médico então diz a ela:
- 'Seu marido diz ter um problema um pouco estranho.
Ele disse que sente muito calor depois de fazer sexo a primeira vez, e que sente muito frio depois da segunda. A Sra. tem idéia do porquê?'
- 'Oh, aquele velho maluco!' responde ela. 'É porque a primeira é em janeiro, e a segunda, em julho!'

A importância do cafezinho...

Dois leões fugiram do Jardim Zoológico.

 Na fuga, cada um tomou um rumo diferente.

 Um dos leões foi para as matas e o outro foi para o centro da cidade.
 
 Procuraram os leões por todo o lado, mas ninguém os encontrou.

 Depois de um mês, para surpresa geral, o leão que voltou foi justamente o que fugira para as matas.

 Voltou magro e faminto.
 
 Assim, o leão foi reconduzido à sua jaula.

 Passaram-se oito meses e ninguém mais se lembrou do leão que fugira para o centro da cidade, quando um dia, o bicho foi recapturado.

  E voltou ao Jardim Zoológico, gordo, sadio, vendendo saúde.

 Mal ficaram juntos de novo, o leão que fugira para a floresta perguntou ao colega:

 - Como é que conseguiste ficar na cidade esse tempo todo e ainda voltar com saúde? Eu, que fugi para a mata, tive que voltar, porque quase não encontrava o que comer...

 O outro leão então explicou:

 - Enchi-me de coragem e fui esconder-me numa repartição pública. Cada dia comia um funcionário e ninguém dava por falta dele.

 - E por que voltaste então para cá? Tinham-se acabado os funcionários?

 - Nada disso. Funcionário público é coisa que nunca se acaba. É que eu cometi um erro gravíssimo. Já tinha comido o diretor geral, dois superintendentes, cinco adjuntos, três coordenadores, dez assessores, doze chefes de secção, quinze chefes de divisão, várias secretárias, dezenas de funcionários e ninguém deu por falta deles! Mas, no dia em que comi o infeliz que servia o cafezinho... Estraguei tudo!
 
Magdália Costa

Esclarecendo: Tsunami é Masculino ou Feminino?

Previsão caseira do tempo

Cidreira, uma pequena cidadezinha no litoral do Rio Grande do Sul surpreende o mundo com uma nova invenção que promete revolucionar a previsão do tempo "in the world". (confiram na foto) 

A ARCA DE NOÉ (brasileira)

Um dia, o Senhor chamou Noé que morava no Brasil e ordenou-lhe:
  
- Dentro de 6 meses, farei chover ininterruptamente durante 40 dias e 40 noites, até que o Brasil seja coberto pelas águas. 
Os maus serão destruídos, 
mas quero salvar os justos e um casal de cada espécie animal. 
Vai e constrói uma arca de madeira.
No tempo certo, os trovões deram o aviso e os relâmpagos cruzaram o céu.
Noé chorava, ajoelhado no quintal de sua casa, 

quando ouviu a voz do Senhor soar furiosa, entre as nuvens: 
- Onde está a arca, Noé?

- Perdoe-me, Senhor suplicou o homem. 

Fiz o que pude, mas encontrei dificuldades imensas: 
Primeiro tentei obter uma licença da Prefeitura
mas para isto, além das altas taxas para obter o alvará, 
me pediram ainda uma contribuição para a campanha para eleição do prefeito. 
Precisando de dinheiro, fui aos bancos e não consegui 
empréstimo, mesmo aceitando aquelas 
taxas de juros ... 
Corpo de Bombeiros 
exigiu um sistema de prevenção de incêndio, mas consegui contornar, subornando um funcionário. 

Começaram então os problemas com o IBAMAe a
FEPAM
 para a extração da madeira. 
Eu disse que eram ordens SUAS, mas eles só queriam saber se eu tinha um "Projeto de Reflorestamento " e um tal de 
"Plano de Manejo ". 
Neste meio tempo ELES descobriram também uns casais de 
animais guardados em meu quintal.. 

Além da pesada multa, o fiscal falou em "Prisão Inafiançável "e eu acabei tendo que matar o fiscal, porque, 
para este crime, a lei é mais branda. 
Quando resolvi começar a obra, na raça,apareceu o CREAe me multou porque eu não tinha um Engenheiro Naval
responsável pela construção. 

Depois apareceu o Sindicatoexigindo que eu contratasse seus marceneiros com garantia de emprego por um ano. 
Veio em seguida a Receita Federal, falando
em 
" sinais exteriores de riqueza " e também me multou. 
Finalmente, quando a Secretaria  Municipal doMeio Ambientepediu o " Relatório deImpacto Ambiental " sobre a zona a ser inundada, mostrei o mapa do Brasil. 
Aí, quiseram me internar num Hospital Psiquiátrico!
Sorte que o INSSestava de greve...

Noé terminou o relato chorando, mas notou que o céu clareava perguntou: 

- Senhor, então não irás mais destruir o Brasil? 

- Não! - respondeu a Voz entre as nuvens 

- Pelo que ouvi de ti, Noé, 
cheguei tarde! 

O governo já se encarregou de fazer isso!

20 April 2011

O valor de uma dona de casa.

Um homem chegou em casa, após o trabalho, e encontrou seus três filhos brincando do lado de fora, ainda vestindo pijamas. 
Estavam sujos de terra, cercados por embalagens vazias de comida entregue em casa. 
A porta do carro da sua esposa estava aberta. 
A porta da frente da casa também. 
O cachorro estava sumido, não veio recebê-lo. 
Enquanto ele entrava em casa, achava mais e mais bagunça. 
A lâmpada da sala estava queimada, o tapete estava enrolado e encostado na parede. 
Na sala de estar, a televisão ligada aos berros num desenho animado qualquer, e o chão estava atulhado de brinquedos e roupas espalhadas. 
Na cozinha, a pia estava transbordando de pratos; ainda havia café da manhã na mesa, a geladeira estava aberta, tinha comida de cachorro no chão e até um copo quebrado em cima do balcão. 
Sem contar que tinha um montinho de areia perto da porta. 
Assustado, ele subiu correndo as escadas, desviando dos brinquedos espalhados e de peças de roupa suja. 
'Será que a minha mulher passou mal?' ele pensou. 
'Será que alguma coisa grave aconteceu?' 
Daí ele viu um fio de água correndo pelo chão, vindo do banheiro. 
Lá ele encontrou mais brinquedos no chão, toalhas ensopadas, sabonete líquido espalhado por toda parte e muito papel higiênico na pia. 
A pasta de dente tinha sido usada e deixada aberta e a banheira transbordando água e espuma. 
Finalmente, ao entrar no quarto de casal, ele encontrou sua mulher ainda de pijama, na cama, deitada e lendo uma revista. 
Ele olhou para ela completamente confuso, e perguntou: Que diabos  aconteceu aqui em casa? 
Por que toda essa bagunça? 
Ela sorriu e disse: 
- Todo dia, quando você chega do trabalho, me pergunta: 
'- Afinal de contas, o que você fez o dia inteiro dentro de casa?'
-'Bem... Hoje eu não fiz nada, FOFO !!!! 

Pediu...levou...!!!!!!!!!!!! TOMA!!!!!!!

Dá-lhe professoora. Se tdo professor tivesse essa presença de espírito teríamos menos alunos engraçadinhos e inconvenientes
 
Parabéns à professora pela sua presença de espírito.
  Aconteceu na PUC-RS:
  Uma professora universitária estava acabando de dar as últimas orientações
 para os alunos acerca da prova final que ocorreria no dia seguinte.
 Finalizou alertando que não haveria desculpas para a falta de nenhum aluno,
 com exceção de um grave ferimento, doença ou a morte de algum parente
 próximo. Um engraçadinho que sentava no fundo da classe, perguntou com
 aquele velho ar de cinismo:
  - Dentre esses motivos justificados, podemos incluir o de extremo cansaço
 por atividade sexual??
  A classe explodiu em gargalhadas, com a professora aguardando
 pacientemente que o silêncio fosse restabelecido. Tão logo isso ocorreu,
 ela  olhou para o palhaço e respondeu:
  - Isto não é um motivo justificado. Como a prova será em forma de múltipla
 escolha, você pode vir para a classe e escrever com a outra mão...
  ou, se não puder sentar-se, pode respondê-la em pé. (Fato Verídico )


HA HA HA

O telefone toca, à noite

 Marido: 
- Se for para mim, diga que eu não estou em casa.

 Mulher atende e diz: 
- Ele está em casa.

 Marido: '
- Mas… que diabos!

 Mulher: 
- Era para mim

SUTILEZA FEMININA

Um homem telefona para a sua esposa e diz:
- Querida, o meu chefe convidou a mim e a alguns dos seus amigos para irmos pescar num lago distante. 

Vamos ficar fora uma semana. Esta é uma excelente oportunidade para eu conseguir a promoção que 
tenho esperado; por isso me prepare roupa suficiente para uma semana, e também a minha caixa de 
apetrechos de pesca. Vamos partir diretamente daqui do escritório, e vou passar aí apenas para apanhar essas coisas.

- Ah... Por favor, coloque também o meu pijama novo, aquele de seda azul.

A mulher acha que isso soa um bocado estranho, mas atende ao pedido do marido.

No fim-de-semana seguinte, ele regressa da pescaria um tanto cansado; mas, fora isso, nada de anormal. 
 
A mulher recebe-o com um beijo e pergunta-lhe se apanharam muitos peixes. 
Ele responde:
- Sim! Muitos pargos, algumas garoupas e uns poucos carapaus. Mas, por que é que você não colocou o meu  pijama de seda azul, tal como pedi? 
A mulher apenas olha fixamente nos olhos dele e responde segura de si:
- Coloquei sim, querido! 

Coloquei-o dentro da caixa de apetrechos de pesca.
*Moral da história: 
NUNCA DUVIDE DA CAPACIDADE DE RACIOCÍNIO DE UMA MULHER !!!

Conto resumido da vida do Juninho

Quando Juninho era pequeno, sonhou em exercer diversas profissões, entre elas:
- queria ser bailarino e seus pais o desencorajaram, porque era coisa de viado;
- queria ser cabeleireiro, mas seus pais não deixaram porque era coisa de viado;
- queria ser esteticista, mas seus pais não aceitaram a idéia dizendo que era coisa de viado;
- queria ser designer, e novamente seus pais não concordaram, dizendo que era coisa de viado;
- queria ser decorador, mas também não caiu no agrado de seus pais que diziam que era coisa de viado;
- queria ser arquiteto, mas seus pais mais uma vez o contrariaram, desejavam que ele fosse engenheiro, pois arquitetura era coisa de viado;
- Passado algum tempo quis ser estilista, mas seus pais não permitiram porque era coisa de gay.
  Por fim, Juninho cresceu, é gay e não sabe fazer merda nenhuma.

17 April 2011